VOCABOLARIO

VOCABOLARIO BOTTEGONESE

Tratto dal Vocabolario Pistoiese redatto da Lidia Gori e Stefania Lucarelli a cura di Gabriella Giacomelli edito dalla Società Pistoiese di Storia Patria nel 1984 + le parole bottegonesi

A – B – C – D – E – F – G – H – I – L – M – N – O – P – Q – R – S – T – U – V – Z

A

Abbriccarsi – Aggrapparsi, oppure litigare, venire alle mani
Abbriccico – Oggetto di poco valore
Acchezzo – Inganno, tranello
Acchiappacitrulli – Cosa che attira solo i bischeri
Acchiappino – L’accallappiacani, oppure gioco in cui si rincorre uno per toccarlo
Accicciolare – Sgualcire, piegare una cosa in modo frettoloso, sbagliato
Acciucchire – Stordimento causato dal troppo bere
Acquasanta – Pulizia accurata, che in genere si fa per la benedizione della case
Affasato – Furioso, che fa le cose troppo in fretta e quindi male
Affigliolarsi – Adottare
Aggeggiare –  Cercare di accomodare alla meglio, oppure frucchiare per passare il tempo
Aimene – Esclamazione, anche oh immene
Alido – Aridità, siccità
Allacciacampo – Persona che corre veloce e fa grandi salti
Allegare – Sensazione fastidiosa dei denti causata dall’aver mangiato qualcosa di acerbo o di altro
Allupato – Affamato come un lupo, o anche affamato sessualmente
Alluzzare – Attirare, allettare, oppure con riferimento a donna che piace molto
Almanaccare – Darsi da fare per passare il tempo
Ammazzettare – Riunire in piccoli mazzi
Ammenniolo – Pretesto, oppure persona di scarso valore
Ammoscarsi – Accorgersi di qualcosa, insospettirsi
Ammostatoio – Palo di legno per pigiare l’uva
Anco – Usato al posto di anche
Anda – Dare il via o dare via (gli dai l’anda a codeste scarpe vecchie)
Andito – Ingresso della casa colonica
Angolla – Pertica biforcuta che serve ad incastrare l frutto per staccarlo dal ramo
Annizzare – Aizzare, invitare a darsi addosso
Aocchiare – Adocchiare, aver notato
Appaltino – Il gestore dell’Appalto di una volta
Appanicciato – Appiccicoso
Appiccicottare – Accomodare alla meglio
Appicicottio – Lavoro fatto male
Appinzare – Pungere (ti ha appinzato una vespa)
Appinzatura – Puntura di vespa o altro insetto
Appiopparsi – Addormentarsi all’improvviso, a volte anche per aver bevuto troppo
Arabino – Che si arrabbia troppo facilmente
Aradio – Radio
Arcolaio – Persona sgraziata, con le gambe arcuate, oppure di donna fatta male
Ardito – Abbondante, aver superato il limite, aver salato troppo
Arrivare – Nel senso di aver fatto una cosa, di avere raggiunto un obiettivo
Arrocchettolato – Persona fatta male, storta
Arroncolato – Persona dalle gambe storte e fatta male
Arruffìo – Confusione, disordine
Arsenale – Bambino troppo vivace
Asciughino – Che si usa per asciugare in cucina
Assatanato – Arrabbiato, oppure troppo agitato
Asseggiolarsi – Mettersi a sedere
Asso– Riferimento a persona molto capace
Astore – Persona molto furba
Attacchino – Litigioso, attaccabrighe
Attrezzo – Persona poco raccomandabile
Auzzato – Appuntito
Avello – Puzzo eccessivo
Avvezze – Abituate
Avvinare – Sciacquare recipienti con vino

B

Babbeo – Stupido
Babbuino – Uomo che non vale niente
Bacato – Stupido (tu hai il cervello bacato)
Baccagliare – Strepitare, oppure attaccare discorso con le ragazze
Baccano – Confusione
Bacchettare – Dare via, svendere
Bacchio – Palo di legno situato nel pollaio sul quale dormono le galline
Bagliume – Chiarore, inteso di luce, di sole
Balco – Stanza al piano superiore (fienile, soffitta)
Baldora – Fiammata, oppure le caldane delle donne in meno pausa
Ballotto – Castagna lessa
Baluginare – Lampeggiare in lontananza
Banana – Ricciolo che si faceva ai bambini in mezzo alla testa
Banda – Confusione eccessiva (andiamo via di qui è un’è banda)
Baogianni – Verme della frutta
Baoloppo – Maggiolino
Barbatella – Tale di vite o di pianta che ha messo le radici
Barbottino – Truffa, imbroglio
Barlaccio – Uovo non buono
Barzotto
 – Detto del pene che non fa il suo dovere
Battere la nonna – Andare piano
Batteria – Confusione, lite
Battuto – Riempito di botte
Baucco – Rincoglionito
Bazza – Mento
Becca – Punta del colletto della camicia
Becerìo – Vociare sguaiato
Becero – Ignorante, urlone
Beduino – Ignorante, rozzo
Beerino – Bevuta di liquore
Beerone – Mangime per maiali, droga che si danno i ciclisti, soluzione da bere per fare certe analisi
Befanotto – Dolce di pasta frolla dalla forma umana che si regala ai bambini per Befana
Bellìo – Ombelico
Belluria – Far apparire una cosa bella
Belone – Bambino che piange spesso
Berciare – Urlare sguaiatamente, piangere di continuo
Biascicare – Masticare troppo a lungo, oppure di chi mastica senza denti
Biche – Filari di grano
Bighellone – Giovane svogliato, indolente
Binde – Spronare a lungo qualcuno a fare un’azione (per convincerlo mi c’è voluto le binde)
Birigiondolo – Uomo impacciato, alto e scoordinato
Brigiotto – Prendere a cavalluccio
Bischerata – Cosa da nulla
Bischero – Stupido, oppure, riferito al pene, fare una cosa senza pensarci (oh dove vai a bischero sciolto)
Bocco – Grosso naso
Bogare – Andare con i piedi o gli stivali di gomma a camminare nell’acqua
Bongino – Colpo ben assestato
Bordata – Scarica di botte
Bozzino – Lavatoio domestico, oppure, plurale, i lavatoi pubblici i una volta come c’erano in Via S. Angelo
Braalone – Uomo disordinato, che perde anche i pantaloni
Branciuare – Toccare con le mani troppo a lungo
Brendolone – Individuo sciatto
Briao – Ubriaco
Bricco – Grande quantità (quello ha fatto un bricco di quattrini)
Brilliperi – Basco con il pirulino
Brincello – Pezzetto, avanzo di cibo (in genere di carne)
Brindellone – Vagabondo, svogliato
Brocciolare – Pronunciare parole non chiare
Broccolo – Cavolo nero o cima di rapa
Broda – Acqua in cui sono cotti i fagioli, o altri legumi
Brodo – Individuo che non vale niente
Bruarsi – Farsi dei graffi, delle piccole abrasioni
Brucatura – Raccolta delle olive
Bruciaulo – Infiammazione dell’ano venuta per aver mangiato troppo piccante
Brusotto – Giacchetto
Bruzzico – Quando sta per fare giorno
Buacciolo – Persona falsa, ignorante
Buaiolo – Persona traditrice
Bubbola – Upupa (uccello) oppure il fungo (mazza da tamburo)
Bucaiola – Arnese a mano usato per piantare ortaggi e piante
Buci – Silenzio (zitto e buci)
Budello – Donna di facili costumi
Buetta – Gioco che si faceva da ragazzi
Bugigattolo – Stanzino, ripostiglio
Bulichio – Brulichio, soprattutto riferito a insetti
Buo – Omosessuale, ma anche essere fortunato (te tu hai un buo di ulo così!)
Bulletta – Chiodo
Buocesiano – Democristiano, o chi frequenta con assiduità l’ambito parrocchiale
Buopillonzi – Cascare con il sedere per aria, oppure stare a pecora
Buriana – Confusione creata da un alterco, oppure temporale violento
Buttare – Quando una pianta mette i germogli
Buzzone – Persona con la pancia prominente

C

Caare – Nel senso di aver avuto, aver portato (il che gli ha cacato la Befana al tuo figliolo)
Caarelli – Escrementi degli ovini, ma riferiti ai ragazzetti che fumano (passa le peore e i caarelli fumano)
Caasego – Persona insignificante
Caatoio – Gabinetto
Cacchio – Germoglio infruttifero o succhione che attinge la linfa della vite
Caciaia – Nel senso di aver tutto sotto controllo (te sei il padrone della caciaia)
Cacina – Figuraccia, figura meschina
Cairo – Gabinetto
Calda – Ripassata, averne buscate
Caldana – Vampata di calore che viene alla donne in meno pausa
Callettato – Perfettamente calcolato
Camiciata – Una bella sudata
Camiciola – Maglia di lana che si indossava sulla pelle
Campanella – Orecchino
Canaio – Confusione, chiasso
Canapone – Persona dalla testa grossa con i capelli bianchi
Canchero – Cancro, tumore
Cannata – Cifra esagerata che si è pagato
Canniccio – Insieme di canne legate tra loro: utilizzato per stendere i grappoli d’uva a seccare
Cantata – Chi ha bevuto troppo ed è esageratamente allegro
Cantero – Vaso da notte
Cantonata – Prendere un abbaglio
Canto – Vicino (accanto)
Cantoni – Zolle di terra
Capetto – Scapestrato, ma che potere su altri
Cappa – Cappotto da donna
Carburare – Essere in forma, andare bene
Caratello – Piccolo barile di legno usato per mantenere la “madre” del vin santo
Carcerato – Piatto della cucina pistoiese
Carettolo – Carretto, oppure di persona sgraziata e fatta male
Carraia – Redola, stradicciola di campo
Casamicciola – Confusione, casino (espressione che deriva dal terremoto che colpì Casamicciola nel 1883)
Cassettone – Torace
Cavicchio – Piccolo attrezzo a punta per fare buchi nel terreno per piantare
Ceccofuria – Di chi ha troppa fretta e non fa le cose bene
Cempennino – Di chi tergiversa troppo e non combina niente
Cenci – Dolci di carnevale
Cenciata – Superare nettamente qualcuno, vincere una partita con largo punteggio
Cencio – Si dice di uno troppo stanco, ridotto male
Cendere – Cenere
Ceppaia – Parte del ceppo a cui sono attaccate le radici della pianta
Ceppatello – Fungo porcino
Ceppo – Grosso pezzo di legno da mettere sul fuoco per ardere
Chianna – In silenzio, piano (si usa dire chianna chianna)
Chiasso – Confusione
Chicco – Dolce per bambini
Chiocco – Colpo secco
Chionzo – Individuo basso, grosso, impacciato
Chiorba – Testa grossa
Chiorbone – Che non capisce niente
Ciabattone – Persona che fa le cose in maniera imprecisa e disordinata, oppure persona che si trascura
Ciacciare – Chiacchierare senza interruzioni (soprattutto fra donne)
Ciaccino – Bambino piccolo che ragiona tanto
Ciala – Organo sessuale femminile, ma spesso riferito alla donna stessa (che ciala è lei lì)
Cialda – Grossa macchia d’unto
Cianca – Coscia
Cianciuare – Masticare troppo a lungo
Cianciuino – Individuo inconcludente, buono a nulla
Cicche – Pezzetti di carne di sugo della pastasciutta
Ciccia – Fare troppo alla svelta e quindi male, oppure riferito al cocomero maturato male
Cice – Sfortuna, iella (lui lì porta cice)
Ciceria – Fare le cose senza usare la testa e quindi andare in confusione
Cigna – Cintura dei pantaloni
Cignale – Cinghiale
Cignata – Botte prese
Cignolino – Cinturino dell’orologio
Cilacca – Forte sberla, oppure danno grave in genere
Cilindrarsi – Vestirsi bene
Cilinga – Gomma da masticare
Cilingomma – Gomma da masticare
Cimbraccola – Donna leggera, che chiacchiera troppo
Cincera – Si dice di donna bella che attrae
Cinci – Pene
Cincischiare – Perdere troppo tempo, oppure picchiare qualcuno
Cinquale – Mano, battere la mano uno con l’altro, darsi il cinquale
Ciocca – Grappolo d’uva
Cioncia – Pietanza dove vengono usati ritagli di carne di vitello non di prima scelta
Cionco – Stabilire un prezzo senza fare un conteggio preciso
Ciucca – Sbornia
Ciuccia – Mammella
Ciucco – Ubriaco
Ciuco – Asino
Ciuffellone – Si dice di persona pelata
Ciurmare – Sciupare, farsi male (giarda come tu ti sei ciurmato)
Cofaccia – Focaccia, schiacciata
Cofaccino – Focaccia, schiacciata
Coglionare – Prendere in giro
Coglionella – Prendere in castagna
Coiazzo  – Pezzetto di carne coriacea
Coltra, o coltro – Unità di misura che corrisponde a circa mezzo ettaro (esattamente 5064,23 m2)
Coltrone – Pesante coperta che si metteva sopra il letto
Comandiero – Chi vuole sempre comandare
Comparire – Produrre rapidamente con buoni risultati
Conchino -Vaso di terracotta dove si faceva il bucato
Conoscimento – Stato di coscienza che conserva colui che è molto malato
Conquibus – Quattrini, oppure venire al sodo
Coppino – Scaldino che una volta si metteva nel letto
Corno – Ammaccatura di oggetti, soprattutto metallici
Cottoia – Capelli lunghi, sporchi e unti sul collo
Covo – Luogo dove crescono i funghi
Credenza – Mobili per contenere piatti e pane
Crepente – Colpo violento picchiato per terra oppure ricevuto
Cria – L’ultimo nato, quindi anche il più piccolo fra diversi fratelli
Crissare – Fissare il vuoto con sguardo assente
Crocchia – Testa pelata
Crostino – Persona fastidiosa e insopportabile
Cuccare – Prendere
Cuccumio – Verso della civetta
Culaia – Pantaloni troppi larghi e cadenti nella parte posteriore
Culona – Donna dal sedere grosso

D

Dama – Essere a posto, aver raggiunto l’obbiettivo
Diacere
 – Giacere
Diammine – Certamente
Dianzi – Poco fa
Diego – Quando le gambe si piegano per debolezza si dice che fanno diego
Dientro – Dentro
Diesilla – Un bel niente
Dimoiare – Lo sciogliersi del ghiaccio o della neve
Dirizzone – Tratto di strada dritto
Disutile – Buono a nulla
Ditali – Piccoli dolci di farina di castagne fatti con gli anelli usati per cucire messi nella brace del coppino
Diveltare – Sradicare, vangare
Doddone – Uomo vanitoso
Domo – Prenderlo in domo vuole dire essere fregati
Dondola – Donnola
Duralla – Magari durasse

E

Empitella – Nepitella
Erba – Nel senso di erba lavanda che si usava per togliere la paura
Esoso – Antipatico, noioso

F

Farfuglino – Chi frucchia tanto senza concludere niente
Fatto – Sfinito dalla stanchezza
Fìa – Organo sessuale femminile
Fiacchite – Stanchezza
Fìoso – Chi è troppo stucco
Fiociolo – Buccia dell’acino dell’uva
Fischio – Apertura sul davanti del pantaloni
Fittonata – Cantonata, fissarsi su qualcosa senza motivo
Foco – Focolare
Fogno – Cielo molto nuvoloso che minaccia neve o pioggia violenta
Fogo – Mangiare troppo in fretta
Fondata – Il deposito dell’olio o del vino che rimane sul fondo dei recipienti
Forasacco – Spiga di una graminacea simile all’avena
Forbicischia – Forfecchia: insetto il cui addome termina con una pinza
Forca – Marinare la scuola
Fortore – Acidità di stomaco
Foroscito – Si dice a chi si trascuri troppo nella persona e nel vestire
Fottio – Gran quantità, oppure di una cosa che piace molto
Frasconaio – Insieme troppo fitto di arbusti e cespugli
Fratina – Frangia di capelli che ricade sulla fronte
Frazio – Cattivo odore di cibi andato a male, puzzo eccessivo
Fregna – Oggetto di scarso valore
Frignare – Pianto prolungato
Frignolo – Foruncolo
Frucare – Frugare
Frucchiare – Darsi da fare, riferito a chi non  può stare fermo senza fare niente
Frucchino – Chi si dà da fare, ma combina poco
Frucchione – Chi si attiva ma con intenti poco onesti
Frugiata – Bruciata: castagna arrostita sul fuoco
Frustone – Lunga serpe, detta anche saettone
Fumenta – Suffimigio: respirare sostanze medicinali sotto forma di vapore
Fungaia – Luogo dove crescono i  funghi
Fungaiolo – Conoscitore di luoghi dove crescono i funghi

G

Gagarone  – Elegante, bellimbusto
Gallonzoli – Rape cotte
Gambillone – Persona. soprattutto adolescente, dalle gambe lunghe e sproporzionate
Gambule – Calza, gambale
Gangheretto – Tranello, inganno
Ganzare – Avere una relazione amorosa illecita
Ganzata –  Azione che desta ammirazione
Ganzifero – Cosa o persona che desta ammirazione
Ganzo – Amante
Garbo – Fare le cose con calma e precisione
Garetto – Tendine di Achille
Gattonare – Rubare con destrezza
Gattoni – Parotite (malattia degli orecchi)
Gheito – Spacciato, morto
Ghenga– Combriccola: usato anche quando non si ritiene di essere in buona compagnia
Ghimbescio – Storto, obliquo
Gigliuccio – Ricamo per orli che consiste nello sfilare una stoffa, unendo poi i fili a piccoli mazzi incrociati
Giornino – Ricamo per orli che consiste nello sfilare una stoffa, unendo poi i fili a piccoli mazzi dritti
Giovanottello – Ragazzo, adolescente
Gnegnero – Cervello: usato per dire che uno ha poco giudizio
Gobbo – Cardo
Godio – Godimento, piacere
Golaia – Gola cresciuta per il troppo mangiare
Granata – Scopa per spazzare
Grandiglione – Ragazzo cresciuto fisicamente, ma che continua a comportarsi da bambino
Granella – Acini d’uva
Greppino – Fare il broncio
Gretola – Fessura del muro
Griccia – Fare debiti
Grondare – Aspettare per avere qualcosa
Guazza – Rugiada del mattino
Gufarsi – Rannicchiarsi

I

Ibboia – Espressione di disgusto
Imbiffare – Colpire nel segno
Imbottaina – Imbuto di legno di forma rettangolare usato per travasare il vino dalle botti
Imbriacare – Ubriacare
Imbuzzarsi – Mangiare a crepapelle
Immene – Espressione di disgusto (oh immene)
Impallare – Mettersi nel mezzo e impedire la vista
Impancare – Mettersi a fare qualcosa, ma che non serve a niente
Incacaiolire – Impaurirsi
Incatricchiare – Ingarbugliare
Inchinare – Ciondolare la testa dal sonno
Incicciare – Iniziare a tagliare il prosciutto, salame, ecc.
Incocere – Si dice di cose messe per troppo tempo al sole
Infunghire – Ammuffire
Ingalluzzirsi – Prendere fiducia
Insorgare – Seminare nei solchi che sono stati arati
Inteccherire – Stare troppo rigido
Intinto – Molto bagnato, fradicio
Invaiato – Non ancora maturo
Ire – Andare

L

Labbrata – Manata data sul viso, schiaffo
Labbrino – Fare il broncio
Lallera – Sudicio incrostato
Lampaneggiare – Lampeggiare
Lavativo – Che non ha voglia di lavorare
Lecchino – Persona che ricorre all’adulazione per avere vantaggi
Leggera – Individuo che ha poca voglia di lavorare o di impegnarsi
Leppa – Freddo pungente
Lernia – Persona svogliata
Lezzo – Odore cattivo
Liccio – Spago
Licit – Cesso, latrina
Lilleri – Quattrini
Lillo – Pene
Listesima – La stessa cosa
Logo – Cesso, latrina
Lonze – Cuscinetti di grasso sui fianchi
Loppa – Involucro del chicco di grano
Lornia – Fiacchezza, pigrizia
Losco – Individuo sospetto, furfante
Loti – Cachi
Lucio – Tacchino
Lungagnone – Persona alta e indolente

M

Madia – Mobile da cucina in cui si impastava e si conservava il pane
Magnano 
– Calderaio, ramaio
Malaccio – Tumore maligno
Maldocchiare – Dare il malocchio, sperare che qualcosa vada male
Mambrucco – Uomo grosso e gotico
Mancamentato – Chi è scarso di cervello
Manfano – Uomo grosso e ignorante
Manfruito – Sta per ermafrodito, ma nel senso che si tratta di persona dappoco e inconcludente
Marcire – Nel senso di dare troppo dispiacere (tu mi fai marcire se non la smetti)
Marmotta – Raffreddore, costipazione
Martinicca – Frenatura a leva del carro
Marugo – Uomo rozzo e poco socievole
Masa –  Botte a ripetizione
Mattata – Azione fatta senza ragionare
Mbuto – Imbuto
Memente – Demente, scemo
Mencio – Privo di forza, svogliato
Merdaiolo – Individuo furbo e di cui è meglio non fidarsi
Mettitutto – Mobile da cucina
Mezzasega – Uomo di scarso valore, o dal fisico minuto
Miccino – Fare le cose con troppa parsimonia
Millanni – Tempo indefinito
Miseria – La pianta di lillà
Moccolo – Bestemmia
Morchia – Deposito di fondata dell’olio o del vino
Muscino – Moscerino

N

Nacchero – Uomo dal fisico robusto
Nappa – Parte finale bucata dell’innaffiatoio
Natta – Pene, usato nella locuzione fare natta, cioè restare attaccati durante l’atto sessuale contro natura
Natura – Organo sessuale femminile
Necca – Forte colpo
Nimo – Nessuno
Nisba – Niente da fare
Nocchino – Colpo dato sulla testa con le nocche delle dita
Nocciolo – Uomo, o ragazzo, alto e robusto
Nodo – Uomo robusto

O

Occhiello – Piccola ferita che presenta i bordi divaricati
Orinale – Vaso da notte
Oriolo – Orologio
Overo – Ovolo (fungo)
Ovvia – Espressione di incitamento

P

Pacchiuino – Uomo buono a niente
Pacconare –  Dare pacconi
Paccone – Colpo dato a mano aperta
Pacesanta – Persona pacifica e pacioccona
Palaia – Usato nell’espressione “meglio palaia”, pronunciata in tono di meraviglia
Palletìo – Malattia degli anziani, da identificarsi nel Morbo di Parkinson o similari
Palloccoloso – Persona pedante, cavillosa
Pallone – Dicesi di fico non maturato
Palloso – Persona pesante e noiosa
Pampano – Pampino della vite, ma usato per indicare orecchie grosse
Pamperso – Persona sprovveduta ed incapace
Paniccia – Confusione, cagnara
Pappamolle – Persona priva di energia
Partigione – Divisione di un’eredità
Passata – Violento scroscio d’acqua, ma anche sconfitta pesante o una serie di botte prese
Passerino – Individuo insignificante, oppure di chi vuole sembrare più grande quanto lo sia in realtà
Passionista – Appassionato di qualcosa
Pastraone – Uomo trasandato e buono a niente
Pastrocchio – Pasticcio
Paura – Secondo il credo popolare stato d’ansia creato da qualche vicenda negativa subita, che si leva solo facendo la lavanda con l’erba apposita
Peare – Fare dei pei, fumare
Peata – Tirata di fumo della sigaretta
Pecetta – Persona piena di acciacchi, cucitura o rammendo male eseguiti
Peciato – Nero come la pece, soprattutto riferito al colore dei capelli
Peciotto – Cosa malfatta, pecetta
Pelare – Prendere una carta dal mazzo
Pementa – Zenzero
Penne – Togliere tutto a qualcuno, oppure ridimensionare qualcuno troppo arrogante
Peo – Tirata di fumo della sigaretta, o anche in senso volgare (fellatio)
Pepola – Bambina vivace
Perdio – Esclamazione di disappunto
Pergolino – Uomo di malaffare
Peso – Individuo insopportabile
Pesticciare – Calpestare
Pezzola – Fazzoletto
Piallaccio – Zolla di terra
Pianelle – Zoccoli
Pìare – Tallire, mettere il pio
Piccia – Insieme di due o più funghi attaccati alla base
Pidocchio – Persona arricchitasi, ma che non ha migliorato la sua educazione (pidocchio arricchito)
Pienare – Riempire
Piercolo – Uomo alto e robusto, ma anche rozzo
Pietta – Trombetta
Pilla – Recipiente in pietra usato per abbeverare il bestiame
Pillaccoloso – Persona disordinata e sporca, oppure esageratamente stucca
Pillonzi – Messo a pecora (si dice a buo pillonzi)
Pinato – Persona non alta ma robusta
Pincio – Beccuccio di un recipiente
Pinzare – Appinzare
Pìo – Germoglio della patata, oppure occhio semichiuso
Piolo – Uomo alto e robusto
Pipione – Bacchettone, bigotto (deriva dai seguaci del Partito Popolare)
Pippo – Acino d’uva, o ombelico
Piro – Bischero, stupido,
Pisciacane – Tarassaco o dente di leone
Pisola – Grossa somma da pagare, batosta
Pistonare – Andare veloci
Pito – Capelli raccolti sulla sommità del capo
Pitta – Gallina
Pizzichente – Cibo piccante, ma anche individuo che dice battute sferzanti
Pollina – Escrementi dei polli
Poma – Posto fisso nel gioco del nascondino
Ponzare – Forzarsi di evacuare
Porca – Striscia di terreno in cui si divide il campo, stretta fra due solchi, su cui seminare
Portare – Accompagnare il morto al cimitero
Posola – Grossa somma da pagare, batosta
Praticare – Avere una relazione amorosa, per lo più illecita
Prete – Scaldaletto dalla forma ovale
Prezio – Prezzo
Proda – Striscia di terra, spesso sul limitare del campo
Puce – Pulce
Pucinaio – Luogo dove c’è confusione
Pucioso – Individuo pieno di pulci, sciatto
Puppa – Mammella
Puttanata – Cosa da nulla
Puzzola – Insetto verde che, se schiacciato, emana cattivo odore

Q

Quadrinaio – Chi possiede molti quattrini
Quadrino – Quattrino

R

Rabino – Uomo stizzoso, che si arrabbia facilmente
Racchio – Raspo dell’uva
Radice – Ravanello
Raffrescare – Divenire più fresco: si dice del tempo
Raffrescata – L’abbassarsi della temperatura e anche colpo di fresco che può provocare problemi di salute
Ralla – Sudicio, specialmente nel collo
Ramato – Preparato a base di rame per fare trattamenti alle viti
Ramerino – Rosmarino
Ramiccio – Grosso bastone
Ramino – Recipiente di latta attaccato a un palo usato per prendere il bottino
Ranchio – Irritazione alla gola
Rancico – Sapore sgradevole, ma anche irritazione della gola
Randelloni – Con andatura cascante,  stancamente
Randola – Botta, sbornia ma anche forte innamoramento
Ranfio – Unghia
Ranno – Bucato
Rantico – Irritazione della gola
Raponzolo – Raperonzolo
Rappreso – Fortemente raffreddato
Rappressione – Costipazione, forte raffreddore
Raschiare – Avere rapporti sessuali
Ravversare – Riordinare
Ravviliare – Aumentare di presso
Rebbi – Punte del forcone
Rece – Schifo
Redola – Viottolo erboso che attraversa i campi
Resìa – Bestemmia
Resìare – Bestemmiare
Riappiopparsi – Riaddomentarsi profondamente
Ribollire – Ritornare in mente
Ricoprire – Far fare una brutta figura
Ridecco – Ecco di nuovo
Rientrino – Quando lo sposo va ad abitare con la sposa dai suoceri
Rifinimento – Languore di stomaco
Rifinito – In cattive condizioni fisiche, deperito
Rimbeltempire – Ritorno del bel tempo
Rimbriscolare – Picchiare, dare delle briscole
Rincalcagnare – Schiacciare, far perdere la forma originale
Rincalcagnato – Schiacciato, rientrato in se stesso, ma anche persona bassa e tarchiata
Rinciarpare – Avvolgersi in una sciarpa o altro
Rincoglionire – Rincretinire
Rincoglionito – Rincretinito, rammollito
Rinfratito – Rincitrullito
Rinnovare – Mettersi addosso qualcosa per la prima volta
Rinserrare – Chiudere, in genere riferito alla stalla o al pollaio
Rinvecchiare – Diventar vecchio, anche prima del tempo
Rinvecchiato – Donna o uomo non sposati, ma anche vino di qualche anno
Rinviolire – Tornare in forze, ad essere vispi
Rinzombare – Picchiare
Rinzombata – Castigo con percosse
Ripienare – Riempire di nuovo
Risaiola – Riso prolungato e irrefrenabile
Risegola – Fessura, crepa
Risipola – Malattia della pelle caratterizzata da chiazze rosse e gonfiore
Ritonfare – Cadere di nuovo
Ritosolare – Tagliare un poco, in genere ai margini, ma anche spuntata ai capelli
Rociolo – Individuo di sesso maschile alto e robusto
Rosa – Prurito
Rozzaiolo – Orzaiolo,  infiammazione delle palpebre che si manifesta con un piccolo nodulo
Rubestico – Scorbutico, scostante
Rufola – Grillotalpa
Rufolare – Frugare, rovistare
Rufolio – Rumore di cose smosse, ma anche di chi si rigira nel letto senza addormentarsi
Rumare – Rimescolare bene (al gioco della tombola a chi tira su i numeri si dice “Rumali codesti numeri”)

S

Sagrato – Bestemmia
Saìna – Saggina
Salcigno – Persona magra, ma robusta e sana
Salleggiola – L’erba acetosella
Saltabecca – Cavalletta
Sanbartolomeo – Bambino in genere, soprattutto se molto vivace
Sarabuola – Piccola serpe acquatica
Sbaldorare – Fiammeggiare rapido ed intenso del fuoco, oppure di uno che ha la febbre troppo alta
Sbatacchiare – Battere con forza
Sberciare – Piangere intensamente
Solforare – Si dice di qualcosa che cuocia troppo, oppure di vernice che fa le bolle
Smbombolare – Rigonfiare in modo antiestetico (di stoffa o abito)
Sbrecca – Donna brutta, racchia
Sbrendolare – Camminare in precario equilibrio
Sbrociolone – Persona che parla tanto e a vanvera
Sbroscia – Minestra o bevanda insipida e sgradevole
Sbudellato – Di chi ha gli abiti scomposti che fuoriescono dalla cintura della gonna o dei pantaloni
Sburlato – Prominente: si usa in riferimento agli occhi
Scaciare – Mandare via malamente
Scalmanata – Sudata, faticata
Scancìo – Di sbieco, di striscio
Scangeo – Sfortuna, guaio
Scaniandola – Insieme di oggetti disseminati qua e là
Scaraglio – Sputacchio
Scarpinare – Camminare a lungo con andatura sostenuta
Scartina – Carta eliminata dal gioco oppure carta che vale poco
Schicchirillente – Colore acceso
Schietto – Sincero
Schioccolare – Dimenare qualcosa in modo che si senta il rumore
Sciabottìo – Lo scuotere l’acqua o altro liquido in un recipiente
Sciamannato – Persona disordinata o che si comporta in malo modo
Sciancare – Piegare troppo qualcosa tanto che si rompa ma non si separa
Scianghetta – Mettere la propria gamba fra quelle di una persona per farla cadere
Sciantillì – Stivali di gomma
Sciapito – Insipido
Scionnare – Svegliare qualcuno che è troppo passivo, che non reagisce
Scontradire – Aversene a male
Scroscio – Pioggia intensa ma di non lunga durata
Sculato – Fortunato
Sculo – Sfortuna
Seccatura – Persona magra
Segnare – Operazione per togliere il fuoco di Sant’Antonio fatta da persona che ha il potere
Segnatura – L’atto del segnare
Segaiolo – Ragazzo magro ed emaciato
Sensale – Mediatore di bestiame
Setola – Ragade che viene sui calcagni e sulle mani
Sferato – Senza denti, o dentiera
Sfruonare – Rufolare (anche in senso sessuale)
Sfuriata – Arrabbiatura
Sgabbiatura – Donna brutta e fatta male
Sgheire – Andare a finire male, morire
Sghezza – Scheggia
Sgomero – Trasloco, sgombero
Sgrondo – Ultimo residuo liquido di un recipiente
Signore – Chi gioca a carte, ma in quel momento sta a vedere perchè è in vantaggio
Sinibbio – Vento freddo o anche freddo pungente in genere
Sistola – Gomma per lavare
Sito – Cattivo odore, puzzo
Smarimettere – Rinnovare, cominciare ad usare
Smattata – Sfogo improvviso e inaspettato
Smessa – Finita di mettere
Smoccolare – Bestemmiare
Soffietto – Strumento a mano per zolfare le viti
Solicino – Caldo moderato del sole che ristora (in autunno e in inverno)
Sonale – Fusto secco del granturco
Sonare – Possedere una donna
Sonata – L’atto sessuale
Sorbare – Picchiare
Sorgo – Solco
Sperversa – Donna ciarlona e falsa
Spiaccicare – Schiacciare
Spiccicato – Identico
Spiedacciare – Lasciare impronte sul pavimento
Spippati – Occhi prominenti
Spippolare – Sgranare
Spompare – Esaurire, privare di energia
Sporta – Un gran quantità di roba
Spreciso – Non preciso nel fare una cosa
Spregio – Dispetto
Spregioso – Dispettoso
Sprillo – Piccolo getto d’acqua, zampilllo
Sprizzolare – Piovere con poca intensità
Spuciare – Spulciare, cercare con insistenza
Spucinìo – Mettere in disordine, oppure farsi largo con la forza
Stecchito – Morto
Steccolire – Morire
Stiacciata – Schiacciata, focaccia
Stiappa – Buono a niente
Stìolo – Anche stìoro: unità di misura pistoiese che corrisponde a 1/4 di coltro o coltra (corrisponde a 1266 m2)
Stizza – Ciuffo di capelli che non tiene la piega
Stizzinoso – Schizzinoso
Stizzoso – Facile ad arrabbiarsi
Stollo – Palo centrale di sostegno del pagliaio
Stoppone – Agrume privo di succo
Storiare – Far perdere tempo, far ammattire
Storisse – Tenda lunga
Stracanarsi – Affaticarsi in modo eccessivo
Stravinco – Storno, sciancato
Strambellare – Camminare oscillando col rischio di cadere
Strambelloni – Come sopra
Strambotto – Parolaccia
Strebbiacciare – Calpestare in malo modo
Strebbiaccio – Tratto di terreno calpestato
Stretto – Liquido che esce dallo strettoio
Stricco – Avaro, tirchio
Strigolo – Urlo acuto
Strolaga – Zingara: in passato, quando si tenevano le porta di casa aperte, quando passavano gli zingari si diceva “Chiudete c’è gli strolaghi”
Strolaghino – Bambino o ragazzo trasandato, vestito male, sporco
Stronfiare – Sbuffare dall’impazienza
Stroppiare – Sbagliare le parole
Stucco – Individuo esigente e difficile nei gusti
Succhiello – Attrezzo per fare buchi nel legno
Sucero – Sudicio
Susinarsi – Fare qualcosa sprecando energia invano
Susta – Borchia per il tessuto, o simile
Svaccarsi – Sdraiarsi malamente
Svaligiare – Rubare
Sventola – Colpo dato con la mano, ma anche innamoramento e anche ragazza assai bella
Sversato – Maleducato, sguaiato
Svista – Predilezione immotivata nei confronti di qualcuno

T

Taba – Essere giunti a conclusione di qualcosa
Tabarino – Uomo o ragazzo di bassa statura e costituzione minuta
Tabogato – Persona vestita bene, ma anche auto o modo corredate di accessori vistosi
Tacchinare – Stare dietro a qualcuno da vicino
Tafanaio – Confusione, caos
Tamburlano – Qualsiasi cosa troppa grossa e spesso anche inutile
Tana – Grosso buco o smagliatura in calze, calzini, ecc.
Tangano – Uomo alto e di costituzione robusta
Tarlato – Legno mangiato dai tarli
Tarpone – Individuo basso e grosso
Teccare – Tartagliare
Tegame – Donna di facili costumi
Tegoso – Riferito ai capelli lisci
Tezzare – Tremare dal freddo
Tigna – Persona avara, antipatica
Tincone – Persona egoista, malvagia
Tirato – Tirchio, ma anche bene abbigliato
Toccare – Buscarne
Tocco – Strambo, mattoide, ma anche le ore tredici
Togo – Individuo capace, degno di ammirazione
Toma – Posto riparato dal vento ed esposto al sole
Tonchio – Stupido
Tonfare – Cadere
Topa – Organo sessuale femminile
Torbo – Poco limpido (detto del vino), ma anche persona rincoglionita
Trabiccolaio – Insieme di oggetti di poco conto
Tracagnotto – Individuo basso e grassoccio
Tramenare – darsi da fare,trafficare
Tramestare – Rovistare mettendo scompiglio tra gli oggetti
Tramutare – Travasare il vino per schiarirlo
Trasandato – Trascurato nel vestire
Treciolo – Cetriolo
Tremotìo – Confusione
Trepestare – Fare confusione
Tribolato – Obbiettivo raggiunto con grande fatica
Trincìo – Rovina, distruzione
Tripolina – Candeggina
Tristo – Individuo di cui è meglio non fidarsi
Trogolaio -Sudiciume
Troiaio – Sudiciume
Tromba – Pezzo di gomma sottile usato per infiascare il vino
Trombaio – Idraulico
Trombata – Atto sessuale
Tuba – Colpo, tonfo
Tuta – Nell’espressione fare una tuta vuole dire riempire di botte

U

Uggia – Ombra che non fa bene
Ugna – Unghia
Ugnelli – Unghie delle mani troppo lunghe
Usanza – Modo, maniera
Usciolo – Assiolo (piccolo rapace)
Uzzolo – Schiribizzo, capriccio

V

Vacca – Donna di facili costumi anche un pò sfatta
Venìente – Bambino che cresce bene, ma anche pianta dell’orto che viene su bene
Ventritre – Quando sta per fare buio: nei tempi antichi le ore si contavano da quando faceva buio
Ventiquattro – Sta arrivando buio, inizia la notte
Vercìare – Versare
Verde – Essere al verde vuol dire non avere più soldi
Vergare – Picchiare di nuovo
Versi – Moine, smancerie
Vestito – Fare un vestito vuole dire riempire di botte
Vìa – Si usa per dire che una persona non è del posto ma è di vìa
Vìeto – Cibo stantìo
Viglia – Scopa o granata
Vilio – Di poco prezzo, ma anche persona molto avara
Vinco – Floscio, morbido per l’umidità
Voce – Dare una voce vuole dire chiamare qualcuno
Volgolo – Rotolo, ma anche persona bassa e sgraziata
Voltagabbana – Che cambia facilmente idea secondo la convenienza
Voltagiubbe – Che cambia facilmente idea secondo la convenienza
Votarsi – Mettere a dura prova

Z

Zaffata – Puzzo arrivato all’improvviso
Zangola – Recipiente di zinco usato per ammollare i panni
Zazzera – Capelli lunghi
Zebedei – Coglioni
Zeppo – Pieno fino all’orlo
Zìa – Sudiciume sulla pelle
Zigana – Confusione rumorosa
Zipillo – Zeppa
Zizzola – Freddo pungente
Zizzolare – Patire molto freddo
Zoccola – Donna di facili costumi
Zombare – Percuotere
Zubo – Individuo zoticone, ignorante
Zucca – Testa grossa